A sua Equipa está focada no caminho que quer dar à sua Empresa?

A sua Equipa está focada no caminho que quer dar à sua Empresa?


Provavelmente, seria fácil para si dar-me uma lista de tarefas que os seus funcionários tenham que ter feitas às 17h, perto do final do dia de trabalho.

Então, e se eu lhe perguntar o que é que os seus funcionários devem alcançar semanalmente, mensalmente e anualmente? Melhor ainda, e se eu lhes perguntar a eles? Eles teriam alguma ideia? O desafio para os donos de negócios é definir expectativas claras e significativas, garantindo que a sua equipa esteja constantemente focada nos resultados esperados.

Muitos empresários sentem que não precisam preocupar-se com isso, pois a sua equipa sabe bem aquilo que é esperado. Infelizmente, na maioria dos casos, os funcionários sabem perfeitamente o que têm de ter feito no que diz respeito às suas tarefas diárias, mas têm muita dificuldade em responder a perguntas como:

— Qual o objectivo maior do seu departamento e o da empresa?

— Como é que as suas tarefas diárias afectam esse objectivo?

— Em que áreas você actua, e como é que isto ajuda a empresa a alcançar as suas metas?

— Em que áreas precisa melhorar, e como é que isto ajuda a empresa a alcançar as suas metas?

— Qual o seu futuro dentro da empresa?

Muitos gerentes olham para estas questões e pensam: “O que é que interessa se eles entendem, ou não, a direcção em que a empresa caminha? O que importa é que façam o seu trabalho!” Este tipo de pensamento é falhar por duas razões. Primeiro, se a sua equipa é incapaz de respeitar às questões colocadas acima, eles serão menos propensos a saber lidar com os desafios, sozinhos e de forma eficaz. (Por que é que é importante que eu aprenda a lidar com as reclamações dos clientes? O chefe que resolva essas situações!). Em vez de se concentrarem em como fazer crescer a empresa, muitos gerentes estão preocupados em resolver os desafios rotineiros (microgestão).

Segundo, se a sua equipa não tem bem clara a importância que o seu esforço representa para o sucesso da empresa, é muito mais difícil levá-los a fazer um esforço extra. Os gerentes com este tipo de problema, muitas vezes têm que implorar aos seus funcionários para ficarem até às 18:30h, para fazerem uma hora de almoço mais curta, ou umas horas extra num sábado. Antes de dizer “Eles vêm num sábado ou então, eu despeço-os”, não se esqueça do quão dispendioso é recrutar e formar novos funcionários.

Então, como enfrentar este desafio? Recomendo os seguintes passos:

  1. Definir objectivos claros, simples e significativos. Um poderoso conjunto de objectivos inclui ter em conta os objectivos pessoais e profissionais de toda a equipa, bem como as suas aspirações. Além disso, estes objectivos devem ser tão claros e simples que podem ser memorizados e escritos num post-it.
  2. Criar um “contrato posicional” individual para cada funcionário. Este processo (e documento) deve focar-se no seguinte:

— Descrição detalhada das funções habituais.

— Resumo de como as suas posições ajudam a empresa a alcançar os seus objectivos.

— Lista de competências expectáveis a serem desenvolvidas e melhoradas, e por que é que esta melhoria vai ajudar a empresa a alcançar os seus objectivos.

— Descrição das recompensas individuais, caso a empresa alcance os seus objectivos (Plano de Incentivos).

  1. Reforçar, lembrar, rever. O maior erro das empresas é colocarem um monte de expectativas significativas num período de tempo e depois só falarem delas uma vez por ano. É preciso manter a sua equipa focada e motivada. Zig Ziglar dizia, e muito bem: “As pessoas costumam dizer que a motivação não dura. Bem, nem a sensação depois de um duche – por isso é que se recomenda que o façamos diariamente”.

Aqui ficam algumas dicas para que todos se mantenham focados:

— Cole os seus objectivos em todo o lado!

— Guarde algum tempo (pelo menos, mensalmente) para estar com as pessoas da equipa individualmente e explicar-lhes, especificamente, como é que a sua actividade está a afectar os seus objectivos.

— Dê feedback regular à sua equipa sobre os progressos que vão sendo feitos (pelo menos, mensalmente) e cole os progressos feitos ao pé dos objectivos.

Não há dúvida que isto vai exigir mais tempo e esforço, mas os benefícios de ter uma equipa inspirada e motivada que tem absolutamente claras quais as suas expectativas individuais e de grupo, são enormes!

Se este artigo lhe parece uma revisão de ideias fundamentais, BOA! Isso significa que está a fazer o que é preciso. Agora comece a reforçar esses fundamentos nas suas práticas diárias.

Deixe o seu comentário e partilhe a sua experiência! Se alguma coisa não fizer sentido para si, envie-me um e-mail (kengielen@actioncoach.com) com a sua questão e ajudá-lo-ei a pensar sobre isso.

Gostou deste artigo? Partilhe com os seus amigos, colegas e familiares!

Categorias

Equipas

Partilhe esta história, Escolha a sua plataforma!


Contacte-nos

ActionCOACH Portugal

The Worlds #1 Business Coaching Firm 

Geral
+351 217 217 400

Lisboa

Centro de Escritórios das Laranjeiras
Praça Nuno Rodrigues dos Santos 7A
1600-171 Lisboa

+351 93 288 82 28 ou +351 915 090 648  

Porto

Rua Padre Himalaia, 50F Escritório 9, 4100-553 Porto

+351 912 165 345  ou +351 226 170 935

portugal@actioncoach.com

Redes sociais

Encontre-nos no



Partilhe a ActionCOACH no

Newsletter

Subscreva a nossa newsletter


Links

Buy 1 Give 1 - Business Coaching